o infinito

do amor eu quero a essência
porque a essência não cabe em um corpo

se eu coubesse em uma poesia
certamente morreria sufocada

Nenhum comentário:

Postar um comentário