vamos evocar o oceano com azul
dessarte o amor está para o mar
para que inclinamos nossa leveza a ela

pois tudo aquilo que é fardo
afunda

Nenhum comentário:

Postar um comentário